Compartilhe!

Estudantes de Design de Interiores das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) têm se destacado no Concurso Estudos Deca. Nesta 23ª edição, foi a vez de Juliana Bolognese, da Etec Polivalente de Americana, localizada na Região de Campinas. Aluna do terceiro ano do curso técnico integrado ao Ensino Médio, ela conquistou o segundo lugar na categoria Banheiro de um espaço de coworking.

Destinada também a alunos de Arquitetura, a competição recebe trabalhos de instituições de Ensino Técnico e Superior de todo o país. Mais de 2,5 mil estudantes de aproximadamente 400 instituições participaram da competição em 2018. Entre os 12 finalistas, apenas dois não eram alunos de cursos superiores, um deles é Juliana.

De exercício a projeto premiado

Quem orientou Juliana foi a coordenadora do curso, Monique Masnello, que propôs aos alunos desenvolverem projetos de acordo com o tema do concurso como atividade em sala de aula, mas sem a obrigatoriedade de se inscrever na competição.

Juliana gostou do resultado do seu trabalho e decidiu se arriscar. “Acreditei que tinha qualidade suficiente para participar, mas não imaginava chegar tão longe. Foi uma grande surpresa”, comemora a estudante.

Continua depois da Publicidade

[sg_popup id=”69887″ event=”inherit”][/sg_popup]
Os projetos foram avaliados por um corpo de jurados formado por referências nacionais dos setores de Arquitetura e Design de Interiores, como Flávio Butti, Fátima Barnabé, Antônio Ferreira Junior, Ana Maria Bogar, Cristina Bava, e Mara Chap Chap.

Todos os finalistas terão seus trabalhos expostos no Espaço de Design Deca, na Capital, até 22 de dezembro. Confira os projetos aqui.

Compartilhe!