Após acidente de trânsito, mulher diz ter sido agredida por mãe de motociclista em Limeira

Compartilhe!

Uma motorista de van escolar acusa a mãe de um jovem de tê-la agredido com tapas e puxões de cabelo, após um desentendimento por causa de danos causados por um acidente no trânsito na semana passada.

A mulher, de 31 anos, diz que na quinta-feira (6) o jovem pilotava uma motocicleta quando se chocou contra o seu veículo de trabalho e precisou ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência). Ela afirma que a colisão resultou num prejuízo de R$ 2.500, que ela acabou assumindo.

Entretanto, na manhã de segunda-feira (10), a motorista afirma ter sido procurada em frente a uma escola pela mãe do jovem, exigindo o pagamento pelos danos na moto do filho. Por estar em seu horário de trabalho, ela afirma ter procurado a mulher em sua casa, no Jardim Recanto Alvorada e diz ter sido então agredida.

Ela registrou a ocorrência no Plantão Policial e foi orientada na delegacia que tem seis meses para dar andamento ao processo na Justiça contra a acusada de lesão corporal.

Compartilhe!