Compartilhe!

Um homem matou a tiros o genro, um tatuador de 29 anos, na tarde desta quarta-feira (6), no Bairro Morumbi, em Piracicaba (SP).

De acordo com as informações, o homem teria ido até a casa onde a filha, de 25 anos, morava com o tatuador, para saber o que estaria acontecendo, pois, ela não dava mais notícias.

Ao chegar no imóvel, jovem saiu no portão da casa, carregando a filha de um mês no colo, e contou ao pai que não iria embora porque o companheiro estaria a ameaçando.

Neste momento o tatuador saiu do imóvel para ouvir a conversa e se iniciou uma discussão. Nisto o homem sacou uma arma e disparou contra o genro. Em seguida, entrou no carro e deixou o local.

Vizinhos do casal, socorreram o tatuador e o levaram até o pronto-socorro Piracicamirim, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu. A Polícia Militar (PM) foi acionada e isolou o local.

Para a EPTV, afiliada da TV Globo, a jovem relatou que vivia com o tatuador há um ano e um mês e ele era muito ciumento e não permitia nem que ela fosse a casa dos pais e muitas vezes escondia o seu celular pela casa. Ainda segundo seu relato, o rapaz batia e chutava suas pernas.

Até o fechamento desta matéria o homem não havia sido localizado

Compartilhe!

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Se inscrever  
Notificação de