Aposentada entrega cartões a golpistas e leva prejuízo de mais de R$ 10 mil em Limeira

Compartilhe!

Um casal de aposentados de Limeira (SP) foi vítima de um golpe pelo telefone, em que criminosos o fizeram acreditar que cartões bancários de seu marido estavam clonados e precisavam ser entregues a um motoboy para ser trocados. Após entregar o cartão, diversas compras foram feitas, num total de mais de R$ 10 mil.


A aposentada, de 60 anos, recebeu uma ligação no meio da semana passada, em que a pessoa dizia ser da central de cartões e procurava pelo seu esposo, um aposentado, de 70 anos. O suposto atendente da central teria dito que seus cartões tinham sido clonados. A mulher afirmou que iria pessoalmente ao banco, mas foi orientada a ligar no 0800 de um dos bancos.

Possivelmente o golpista fez com ela uma “jogada”, não desligando o telefone e aguardando que ela tentasse ligar para o número indicado. Dessa maneira quem voltou a atender foi o mesmo criminoso que já estava na linha.


Ao telefone, o atendente orientou a aposentada a digitar as senhas dos cartões e em seguida que ela colocasse os mesmos em um envelope e aguardasse que um “mensageiro do banco” passaria para recolhê-los e receberia dias mais tarde cartões novos em casa. Apenas 15 minutos mais tarde um motociclista compareceu à residência do casal e recolheu o envelope lacrado e com os cartões.

Na última sexta-feira (17), a aposentada comentou com um familiar a situação e foi orientada por ele a procurar o banco para se informar, pois suspeitavam de golpe. Um atendente verdadeiro do Banco do Brasil confirmou que a mulher tinha de fato sido vítima de estelionato. Ela então solicitou o real bloqueio dos cartões e ao conferir descobriu que os criminosos fizeram compras variadas, somando um total de R$ 10.226,56.


O caso foi registrado no Plantão Policial e deve ser investigado pela Polícia Civil. Os responsáveis pelos bancos orientam que jamais ligam aos clientes para solicitar que digitem senhas nem mesmo retiram os cartões direto na residência. Qualquer dúvida ou pendência com o banco deve ser resolvida direto na agência.

Compartilhe!