Atenção; não perca o seu WhatsApp para bandidos

Um homem, de 43 anos, morador de Limeira (SP), registrou um boletim de ocorrência após seu celular ter sido alvo de criminosos. Um golpista se apossou da conta dele no WhatsApp. É o que chamam popularmente de “ter o celular clonado”.

Segundo o Boletim de Ocorrência, ele afirma que recebeu uma ligação em seu telefone fixo se passando por um funcionário de um site de vendas onde ele tinha postado um anúncio. A pessoa ao telefone teria dito que ele não tinha cadastrado um número de celular no site.
ASSISTA:

Foi então que o homem informou seu número e o golpista ao telefone disse que enviaria um código para ele confirmar a atualização. A vítima acreditou se tratar de fato de um funcionário do site e informou o código.

Na verdade, sem saber o homem ofereceu o código que permitia transferir o WhatsApp de seu celular para o aparelho do golpista. Isso é o que costumam chamar de “ter o celular clonado”.

Logo em seguida, ele percebeu que seu próprio WhatsApp “sumiu” de seu aparelho. Seus amigos e familiares começaram então a receber mensagens com pedidos de empréstimos. Um amigo o procurou para confirmar o pedido.

Ele então percebeu o golpe e esteve na delegacia de Polícia para registrar a ocorrência, pois não sabe se outros conhecidos foram vítimas do estelionatário e se transferiram valores. O caso aconteceu esse mês na cidade. Nossa equipe preparou um vídeo explicando como não cair nesse golpe. Acompanhe.

Compartilhe!