BRK anuncia que poderá pedir reequilíbrio de contrato em Limeira, caso veto seja derrubado

Compartilhe!

A BRK Ambiental encaminhou ofício a Prefeitura de Limeira (SP) afirmando que poderá requerer medida que contemple reequilíbrio financeiro do contrato de concessão dos serviços de saneamento do município caso a Câmara Municipal derrube veto do Executivo contrário a isenção na taxa de religação de água. A derrubada do veto implicaria na promulgação da lei pela Câmara.

O veto assinado pelo prefeito Mario Botion (PSD) já alertava para essa possibilidade caso a lei de autoria da vereadora Lú Bogo fosse sancionada. Com o eventual pedido de reequilíbrio financeiro do contrato (decorrente da eventual isenção prevista no projeto de lei), a empresa pleitearia junto ao ARES-PCJ reajuste extraordinário na tarifa – o que implicaria o repasse desse ônus a todos os consumidores.

Continua depois da Publicidade:

No ofício, a concessionária informa que “a cobrança pela taxa prevista no contrato de concessão existe como forma de garantir que o custo deste serviço não seja repassado para as tarifas, impactando os demais clientes que pagam as contas em dia”.

Segundo o documento, assinado pelo diretor da concessionária Rodrigo Lopes de Freitas Leitão, “caso a isenção de fato seja aprovada, tal repasse para as tarifas seria feito por meio de reequilíbrio econômico-financeiro do contrato, na medida que o custeio das despesas com o corte e religação de clientes inadimplentes teria que ser rateado entre todos os demais clientes”.

Compartilhe!

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Se inscrever  
Notificação de