O Rápido no Ar teve acesso ao laudo da causa da morte da adolescente Camila Arantes Ferro, de 14 anos, que faleceu neste domingo (17), no hospital Santa Casa de Limeira.

 

A garota estava internada desde o dia 5 de setembro, como foi mostrado pela nossa reportagem. De acordo com a família, a adolescente tinha pedra na vesícula. Camila realizou um exame conhecido como Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica – CPRE, no dia 13 de setembro, e a cirurgia no sábado (16). No domingo, a garota não resistiu e faleceu na Santa Casa.

 

VEJA TAMBÉM <<<Santa Casa emite nota a respeito da morte de adolescente em Limeira>>>

<<<Família lamenta morte de adolescente de 14 anos internada com pedra na vesícula em Limeira>>>

 

Na noite desta segunda-feira (18), o Rápido conseguiu o laudo que mostra a causa da morte da menina. O documento aponta para choque séptico / perfuração de alça intestinal (duodeno) agente periférico, contundente, pós-operatório, colecistectomia.

 

O choque séptico é decorrente de infecção generalizada, que ao que tudo indica foi causada devido a perfuração intestinal.

 

O laudo não comprova se a perfuração ocorreu em decorrência do exame que adolescente realizou o CPRE – que é um procedimento delicado e de risco, ou durante a cirurgia para retirada da pedra na vesícula.

Entramos em contato com a Santa Casa de Limeira que deve enviar uma nota sobre o caso durante esta terça-feira (19).

 

Camila foi sepultada na tarde desta segunda-feira no Cemitério Saudade em Limeira.

Veja também:

Loading Facebook Comments ...

You must fill in your Disqus "shortname" in the Comments Evolved plugin options.