Depois de morte trágica, família de comerciante segue com trabalhos em Limeira

Compartilhe!

Após passar pela trágica morte do marido, Lineu César Groppo, no último dia 31 de julho, tudo que a comerciante Jacqueline Groppo quer é seguir adiante com o trabalho que eles realizavam juntos na vidraçaria da família Groppo, na Boa Vista, em Limeira (SP).

Na manhã de quinta-feira (22), ela postou em seu Facebook um texto emocionante anunciando aos amigos e clientes que deseja seguir em frente. O anúncio veio um dia após a Polícia Civil apreender o adolescente que confessou ter dado o tirou que pôs fim à vida de Lineu.

Segundo ela, muitas pessoas estavam em dúvida se após o falecimento do comerciante, o estabelecimento seguiria com suas atividades normais. “E a resposta é SIM! E com mais força do que nunca – unidos!”, destacou a viúva.

O texto enfatiza o quanto o trabalho era importante para o vidraceiro, que sempre superou as dificuldades para ver o sonho da família funcionar.

Veja a mensagem completa:

 “Sim, a Groppo Vidros continua!

Olá pessoal, optei em fazer essa postagem porque muitos amigos e clientes ficaram em dúvida sobre nossa empresa, se manteríamos ou não a Groppo Vidros funcionando.

E a resposta é SIM! E com mais força do que nunca – unidos!

A Groppo Vidros sempre foi parte importante da vida do nosso Lineu, e por maior que fossem as dificuldade, ele estava lá, pra fazer funcionar esse sonho. O desafio é grande, mas manteremos a excelência de sempre, buscando melhorias contínuas e levaremos com longevidade o nome Groppo Vidros.

Ele construiu essa família com amigos e familiares, e agora mais unidos do que nunca, seguiremos em frente e contamos com todos para divulgar nosso trabalho.”

(Mensagem do Facebook de Jacqueline Groppo)

Compartilhe!