Durante investigação contra furto de cargas, homem é preso por receptação em área rural de Rio Claro

Compartilhe!

A Polícia Civil de Cordeirópolis (SP) em parceria com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Limeira (SP), prendeu na manhã desta quinta-feira (10) um homem em flagrante por receber produto furtado de trem.

Segundo informações da polícia, eles investigavam uma quadrilha especializada em furto de cargas em trens quando chegaram até um sítio, localizado no Horto de Camaquã, área rural de Rio Claro (SP). No local, foram localizados 12 sacos de farelo de soja, cada um pesando 50 quilos, que teriam sido roubados de uma empresa. A soja foi avaliada em R$ 800.

O proprietário do sítio foi questionado e acabou confessando que teria comprado a carga ilegalmente, mas não revelou os nomes dos vendedores. Além disso, declarou que teria em sua posse duas armas de fogo, que foram localizadas em cima de um guarda-roupa. Duas carabinas, uma calibre .44 e outra calibre .22 fora apreendidas.

Foto: Divulgação Polícia Civil

Diante dos fatos, o homem e as armas foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Cordeirópolis, onde a ocorrência foi apresentada. Um valor de R$ 5 mil foi estipulado para a fiança e após o pagamento o acusado foi liberado. A carga foi devidamente devolvida para a empresa.

Compartilhe!