Em Rio Claro, UPAs da 29 e Cervezão terão novos aparelhos de raio-x

Compartilhe!

A prefeitura de Rio Claro está providenciando novos investimentos para o setor de saúde. Dois aparelhos de raio-x digitais serão adquiridos para o atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da 29 e na UPA Cervezão. “Nossa expectativa é colocar fim aos aparelhos de raio-x quebrados na saúde pública de Rio Claro, um problema histórico e que prejudicava em muito o atendimento à população”, afirmou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria. “No ano passado, com um orçamento herdado, não foi possível fazer a troca dos equipamentos”, observou.

[sg_popup id=”8″ event=”onload”][/sg_popup]
Na manhã desta segunda-feira (19), o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco, confirmou que o setor financeiro da Fundação Municipal de Saúde está fazendo a compra dos aparelhos por meio de uma licitação, com investimentos da ordem de R$ 280 mil. “Estamos modernizando os exames de raio-x nas duas unidades”, informou, lembrando que os aparelhos existentes nas unidades são antigos e frequentemente necessitam de manutenção. “Já deveriam ter sido trocados há anos”, ressalta Djair. Esses novos aparelhos, a exemplo do que já está em operação no Pronto Socorro Municipal Integrado, não usam chapas reprográficas, que são nocivas ao meio ambiente. As imagens são geradas em alta resolução na tela de um computador e podem inclusive serem usadas para envio aos especialistas online.

“As duas UPAs atendem em média mil pessoas por dia e muitas dessas necessitam de exames de raio-x. Esse investimento modernizará totalmente o atendimento no setor e dará mais agilidade para os diagnósticos de urgência e emergência”, afirma Djair.

Os recursos que serão destinados à compra desses novos aparelhos são parte do repasse de R$ 1 milhão que a Câmara fez para serem aplicados no Programa Mais Saúde, como devolução de seu orçamento à prefeitura no final do ano passado.

Também no setor de urgência e emergência, a Fundação de Saúde investiu R$ 700 mil no ano passado na aquisição de equipamentos novos e de última geração, como respiradores, desfibriladores, entre outros, em substituição aos aparelhos sucateados existentes.

Compartilhe!

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Se inscrever  
Notificação de