Compartilhe!

Algumas montadoras que atuam nos Estados Unidos divulgaram resultados mensais de janeiro nesta segunda-feira. A Fiat Chrysler, por exemplo, informou que suas vendas no país cresceram 2% em janeiro, na comparação anual, para 136.082 veículos, com o modelo de picape Ram puxando novamente para cima o resultado. Por outro lado, a companhia apontou que o frio extremo em partes do país pode ter afetado as vendas, prevendo que esses compradores voltem ao mercado em meses mais quentes.

Janeiro é em geral um mês de vendas mais fracas no setor automotivo. Analistas previam que em geral as vendas das montadoras fossem estáveis, em comparação com igual mês de 2018. A Fiat foi a única montadora doméstica que informou que reportaria vendas neste mês, com a Ford Motor anunciando no mês passado que acompanharia a General Motors e reportaria apenas dados trimestrais.

A BMW informou que suas vendas recuaram 4,8% em janeiro deste ano, para 18.102 veículos. A montadora afirmou em comunicado que, com algumas mudanças em modelos, previa uma pequena baixa nas vendas agora, mas reafirmou sua expectativa de crescimento nas vendas em todo o ano atual.

A Hyundai Motor America reportou que vendeu 40.796 unidades, uma alta de 3% na comparação com janeiro de 2018. Já a American Honda informou que suas vendas recuaram 1,7%, a 47.401 unidades.

Compartilhe!