Homem é indiciado após desmatar terreno para construção de prédios em Limeira

Um homem, proprietário de um terreno de extensa área verde, foi indiciado pela polícia após a Guarda Civil Municipal (GCM) flagrar uma máquina retirando árvores de forma ilegal do local nas proximidades do Jardim Morro Azul, em Limeira (SP).

De acordo com os agentes, eles receberam uma denúncia anônima de que uma máquina estaria no local derrubando árvores e foram verificar. Quando chegaram no local, encontraram um homem trabalhando em uma retroescavadeira e algumas árvores, entre elas, mangueiras e goiabeiras, já derrubadas ao chão.

Quando o homem foi questionado, relatou que estava prestando serviço para um engenheiro que solicitou a retirada das árvores. Imediatamente a equipe fez contato telefônico com o engenheiro, que declarou que na área vai ser construído um condomínio de prédios e que estava executando a obra para o dono do terreno.

Segundo ele, o proprietário já teria dado início nas documentações necessárias para o início das construções.

A GCM solicitou um fiscal da prefeitura, que esteve presente e afirmou que nenhuma documentação do terreno estaria em andamento. A perícia foi acionada para realizar laudo e o proprietário da área foi indiciado. A ocorrência foi registrada no 2º Distrito Policial de Limeira.

Compartilhe!