Jovem é ‘escalpelada’ em acidente durante corrida de kart em Recife

Compartilhe!

Na tarde do último domingo (11) uma jovem, de 19 anos, teve o couro cabeludo arrancado (escalpelada) enquanto corria com um kart no estacionamento do supermercado Walmart, em Recife (PE). Seus cabelos teriam enroscado na engrenagem do motor.

Segundo o tio da vítima, Douglas Nascimento, ela estava com o namorado correndo pela primeira vez, quando seu cabelo enroscou nas engrenagens do kart.
Débora Stefanny Dantas de Oliveira foi socorrida ao Hospital da Restauração (HR), no Derby, no Centro da capital onde passou por uma cirurgia no setor de neurologia ainda no domingo (11). Nesta segunda-feira (12), ela foi para a recuperação do HR e não tem previsão de alta, pois o estado de saúde é considerado grave.

Débora teve 80% da área atingida reimplantada em uma cirurgia que durou cinco horas.

Após o acidente o namorado da vítima relatou o acidente. “Foi um negócio muito rápido. A gente estava no kart, eu dei a primeira volta. Vi que o carro dela parou, quando eu ia ultrapassar, achei que ela tinha batido. Quando eu parei, ela tava com daqui [da testa] para cima todo cortado, só estava o osso”, disse.
O cabelo e parte do rosto arrancado foram colocados em uma sacola e levados por ele para o Hospital da Restauração.
O cirurgião Jonathan Vidal, em coletiva de imprensa nesta terça, explicou que, como o material foi levado para o hospital, médicos dos setores de neurologia e de cirurgia plástica do HR conseguiram recuperar e reimplantar 80% da área atingida em uma cirurgia que durou cinco horas.

NEGLIGÊNCIA

Ainda segundo Douglas, a vítima não recebeu socorro dos funcionários da pista de kart e nem dos seguranças do mercado. Seu namorado em estado de choque prestou os primeiros socorros para a vítima e esperou a ambulância cerda de 30 min.

O Procon – PE foi acionado e interditou a pista na tarde desta segunda-feira (13). A gerente de fiscalização do órgão, Danyelle Sena, afirmou que, apesar de não caber ao Procon verificar alvará de funcionamento, o representante do estabelecimento “falou” que não tem o documento.

RESPOSTA

O Walmart informou que interditou a pista até que as causas do acidente sejam investigadas e esclarecidas.

“Lamentamos o ocorrido e estamos em contato com a família para prestar a assistência necessária à vítima”, diz o Walmart no texto.

O dono da empresa da pista de kart declarou que prestará toda assistência necessária para vítima. Ele mora em São Paulo e viajou para Recife para se inteirar do caso.

O cabelo da jovem enroscou no motor do kart.

Compartilhe!