Justiça nega regime aberto para acusado de atropelar e matar dois ciclistas em Limeira

A Justiça negou nesta quarta-feira (7) o pedido feito pela defesa de Hyoran Gabriel Alves de Oliveira, para cumprir sua pena em regime aberto. Ele foi condenado por atropelar e matar dois ciclistas na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Limeira.

Hyoran foi condenado no dia 31 de outubro a cumprir quatro anos, três meses e 25 dias de prisão. A defesa pedia a conversão do regime semiaberto para o aberto em embargos de declaração.

O atropelamento aconteceu em 2017, como foi mostrado aqui no Rápido no Ar. Diogo Faria, de 38 anos, e Marcio José Bechis, de 45, foram atingidos pelo veículo no acostamento da rodovia. Hyoran dirigia alcoolizado e não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação).



Compartilhe!