Limeira realiza ações de educação no trânsito para crianças e adolescentes

Compartilhe!

Com o objetivo de conscientizar jovens quanto à prevenção de acidentes de trânsito, a Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, realizará, na próxima semana, palestras na Escola Estadual Dom Idílio José Soares, localizada no Jardim Vista Alegre, para os alunos do 3º ano. As ações acontecem nos dias 25, 26 e 27, com três turmas no período da manhã, das 8h às 11h, e quatro no período noturno, das 19h30 às 21h30.

Outras ações foram feitas durante o mês de fevereiro, entre elas, palestras com futuros condutores em Centros de Formação de Condutores (CFC) da cidade. “Todas as ações tiveram o objetivo de orientá-los a respeito do trânsito do nosso município, com dados estatísticos, vídeos e bate-papo sobre as infrações mais recorrentes em Limeira”, explica a chefe do Setor de Fiscalização e educadora do trânsito, Vanessa Muniz.

As crianças das escolas municipais também receberam orientações. As equipes da secretaria e do Samu estiveram na Emeief Martim Lutero, na Via Martim Lutero, nesta semana para palestrar sobre o papel dos agentes de trânsito, a importância do uso de cinto de segurança, uso do celular ao volante, entre outros temas como ciclistas, motociclistas, faixa de pedestre, semáforo, brincadeiras de rua com cerol e rabeira de ônibus. A ação foi concluída ontem (21).

Outra ação será a visita aos mototáxis com orientações para os mototaxistas sobre capacete, fivela e itens de segurança. Vanessa e agentes de trânsito farão as ações. “O intuito é diminuir o índice de acidentes com motos em nosso município”, salienta o secretário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Oliveira. Segundo Vanessa, no período de carnaval também haverá ação. “Será distribuído material orientativo para a população. São ventarolas em formato de capacete com orientações e estatísticas”, explica.

ESTATÍSTICAS
Entre os dados expostos nas campanhas, os números preocupam. De acordo com o Portal do Trânsito, 600 mil pessoas ficam com sequelas permanentes em decorrência de acidentes de trânsito todo ano. Além disso, mais de 60% dos leitos do SUS são ocupados por vítimas desse tipo de ocorrência.

Outro dado é que 27% da frota de veículos no Brasil são motos e representam as principais causas de mortes do trânsito. “Cerca de 95% dos acidentes são causados por falha humana ou mecânica, nesse caso, por falta de manutenção.”

As principais causas de mortes no trânsito, segundo o portal, são: falta de habilitação, falta de equipamentos de segurança, não respeitar as leis de trânsito e uso incorreto de equipamentos de segurança.

Compartilhe!