Mãe e filha morreram no acidente; aposentado chegou a ajudar vítimas, mas faleceu pouco tempo depois

Compartilhe!

A tragédia que foi registrada nesta sexta-feira (15), na Serra da Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125), nunca mais sairá da memória de quem estava no micro-ônibus da empresa Águiatur. O veículo que era alugado para uma excursão e tinha como destino a Praia da Lagoinha em Ubatuba.

>> LEIA TAMBÉM: Motorista que conduzia micro-ônibus que se envolveu em acidente é preso em Ubatuba

O grupo de 33 pessoas deixou o bairro Olga Veroni, em Limeira, durante a madrugada desta sexta-feira. Na serra, o veículo perdeu o controle, atingiu uma mureta de concreto e caiu na ribanceira. Três pessoas morreram e outras 29 ficaram feridas e foram levadas para Santa Casa de Ubatuba.

Morreram no acidente, Moacir Quessada, de 52 anos, Maria de Souza Cruz, de 82 anos, e a filha dela Rosimary Cruz de Moraes, de 50 anos.

Segundo informações da família, Moacir, estava acompanhado da esposa e dos filhos de 17 e 11 anos. Após o acidente, ele ajudou algumas vítimas, mas começou a se queixar de dores e também faleceu no local do acidente.

As demais vítimas tiveram ferimentos leves, e 25 delas receberam alta. Um homem e a filha dele foram transferidos para Casa de Saúde Stella Maris, em Caraguatatuba. A situação inspirava cuidados.

Compartilhe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here