Motorista de Mercedes que matou atropelado motociclista na Limeira-Piracicaba vira réu por homicídio

Compartilhe!

A Justiça decidiu tornar réu o eletricista Eduardo Henrique Garbuglio, que atropelou e matou o motociclista Davis Fernando Kühl, de 30 anos, no dia 27 de julho, na Rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147), que liga Limeira a Piracicaba. O eletricista dirigia uma Mercedes-Benz e estava alcoolizado no momento do acidente.

A denúncia do Ministério Público (MP-SP) contra Gabruglio foi recebida pela 2ª Vara Criminal de Limeira. O motorista responde em liberdade pelo crime de homicídio culposo.

A defesa de Eduardo afirma que o réu não agiu com imprudência “A defesa entende que tecnicamente ela [denúncia] é correta quando da eleição da modalidade culposa, todavia a defesa tem elementos que indicam que não houve ato de imprudência por parte do motorista da Mercedes, fato que acredita será demonstrado no curso da instrução processual”. Relatou o advogado Ralph Tortima Filho.

O motorista foi solto após um habeas corpus no dia 9 de agosto. Por medida cautelar, ele não pode deixar a cidade ou mudar de endereço, sem antes avisar a justiça.
O ACIDENTE

Como foi noticiado pelo Rápido no Ar, o caso ocorreu no dia 27 de julho, Eduardo dirigia um Mercedes-benz C180 e atropelou Davis, que estava em uma motocicleta Honda Biz.

O acidente aconteceu no quilômetro 117 da rodovia, no sentido Limeira / Piracicaba. Havia mais três pessoas com ele no veículo.

O motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Eduardo foi preso em flagrante.

Segundo a polícia ele estava embriagado no momento do acidente.

Compartilhe!