Mulher agride e ofende vigilante da Santa Casa de Limeira após entrar em área sem permissão

Compartilhe!

Um vigilante, de 33 anos, foi agredido e ofendido por uma mulher, de 44 anos, que invadiu a ala da maternidade da Santa Casa de Limeira (SP) na noite de terça-feira (8). Ela queria acompanhar a filha em trabalho de parto, porém, a gestante já estava acompanhada de seu marido.

Segundo o Boletim de Ocorrência, de acordo com a regra do hospital cada paciente gestante pode ser acompanhada apenas por uma pessoa. Para que a mulher fosse ao encontro da filha, o marido da mesma deveria trocar com a sogra, o que não ocorreu.

Ela então tentou entrar, mas teria disso flagrada pela equipe de segurança. Foi então que ela teria agredido e ofendido o vigilante. Testemunhas relataram à Guarda Civil Municipal que a mulher teria se descontrolado emocionalmente e alegou ter sido assediada. Enfermeiras teriam contido ela com lençóis.

Os envolvidos e as testemunhas foram levados à delegacia de Polícia, onde prestaram depoimento. A mulher pode ser processada por lesão corporal e injúria, caso o vigilante deseje representar contra ela.

Compartilhe!