Mutirão da dengue alcança 2.677 imóveis; agentes encontram 33 criadouros em Limeira

Compartilhe!

A Divisão de Controle de Zoonoses da Prefeitura de Limeira divulgou nesta segunda-feira (11) o balanço do mutirão contra o Aedes aegypti realizado no sábado (9), nos bairros Nossa Senhora das Dores I, Jardim São Paulo e Jardim Esmeralda. Foram visitados 2.677 imóveis para prevenção e eliminação de situações de risco.

Os 91 agentes que atuaram na operação identificaram 33 recipientes propícios para formação de criadouros do mosquito, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Desse total, 18 continham água e três apresentaram larvas que foram encaminhadas para análise de compatibilidade com o Aedes aegypti. De acordo com a chefe da Divisão, Pedrina Ap. Rodrigues Costa, as larvas estavam em poças de água sobre lonas plásticas.

A Secretarias e Obras e Serviços Públicos removeu em torno de 95 toneladas de lixo e entulho de áreas verdes, enquanto a Vigilância Sanitária promoveu três ações de limpeza compulsória. Também participaram dos trabalhos a Divisão de Fiscalização de Posturas, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Civil, por meio da Guarda Civil Municipal, e o Ceprosom.

Compartilhe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here