Piloto que morreu durante o voo era morador de Rio Claro

Compartilhe!

O piloto de um avião bimotor que sofreu um enfarte durante um voo entre a Bahia e a cidade de Americana (SP), morava em Rio Claro (SP). Benedito Fernando Ricci, de 59 anos, morreu na manhã deste sábado (6), antes do socorro médico.

De acordo com a Infraero, a aeronave King C90A pertence a uma empresa agropecuária, que possui propriedades nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e voava de Barreiras (BA) com a destino a Americana (SP).

Durante o trajeto, o piloto passou mal e sofreu um desmaio. O copiloto Matheus Pasquotti, que trabalha há cinco anos com Ricci, assumiu o comando da aeronave, solicitou atendimento médico e após autorização, fez um pouso de emergência em Campo Grande, por volta das 10h. Segundo a Infraero, antes mesmo do pouso, o piloto teve um enfarte e morreu.

No Facebook, Pasquotti fez uma homenagem ao amigo. Ele escreveu: “Me faltam palavras para descrever o que estou sentindo, descrever o que foram esses 5 anos voando juntos, bagunçando e dando muita risada”, disse.

O traslado do corpo ocorreu ainda na noite de ontem, saindo de Campo Grande por volta das 22h com destino a Rio Claro. Benedito Fernando Ricci foi sepultado na tarde deste domingo no cemitério São João Batista.

Compartilhe!