Polícia Civil fecha fábrica clandestina de tintas em Mogi das Cruzes

Policiais civis do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Mogi das Cruzes, por meio da Delegacia Seccional do município, descobriram, nesta quarta-feira (17), um galpão onde funcionava uma fábrica clandestina de tintas. A ação foi realizada na rua Projetada, no bairro Rodeio.

Os policiais foram informados sobre o possível funcionamento da fábrica, dando início às investigações. Durante buscas pelo local, a equipe encontrou as substâncias utilizadas para a produção dos produtos, que imitavam marcas de tinta látex comercializados por empresas da construção civil.

Na ação, foram apreendidas 545 latas de tintas clonadas, uma máquina industrial, sacos de cal, além de espessantes – substância utilizada para aumentar a viscosidade líquida das tintas.

Foi solicitada perícia ao local e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), bem como autoridades locais, foram acionadas para as providências administrativas cabíveis.

O caso foi registrado como crime ambiental e propaganda enganosa. A Polícia Civil prossegue com as investigações para deter os envolvidos.

Compartilhe!