Queda de ponte suspensa no sul da França deixa um morto e desaparecidos

Um adolescente de 15 anos morreu e várias pessoas estão desaparecidas após a queda de uma ponte suspensa nesta segunda-feira, 18, na cidade de Mirepoix-sur-Tarn, perto de Toulouse, no sul da França. A promotora Karline Bouisset, de Toulouse, confirmou a morte do jovem, que estava viajando com sua mãe em um carro que caiu da ponte.

As autoridades locais buscam por mais pessoas que podem ter caído no Rio Tarn, incluindo os motoristas do caminhão e da van que, de acordo com testemunhas, atravessavam a ponte no momento do acidente. Quatro pessoas, incluindo a mãe do jovem, foram resgatadas com vida.

Um contingente de aproximadamente 70 bombeiros, 40 policiais e helicópteros, além de equipes de mergulhadores e salva-vidas, está no local para tentar resgatar os desaparecidos, cujo número ainda é desconhecido, segundo o governador do Departamento (Estado) de Alta Garona, Etienne Guyot.

A ponte, de estrutura metálica, foi construída na década de 1930 e é submetida a “monitoramento regular”, afirmou o governador. A promotora explicou que foi aberta uma investigação judicial para estudar as causas do acidente. “É muito cedo para dizer se a ponte apresentava riscos ou não. Assim como não sei dizer quantas pessoas procuramos. De acordo com os depoimentos, há vários desaparecidos, possivelmente o motorista do caminhão e o motorista da van”, disse.

Segundo fontes citadas pelo jornal local La Dépêche du Midi, a queda aconteceu por volta das 8h (4h de Brasília), quando um caminhão com peso acima do limite autorizado teria entrado na ponte.

Os bombeiros afirmaram que por conta de um deslizamento de terra, a estrada D71 foi fechada e pediram que ninguém tentasse se aproximar do local. (Com agências internacionais).

Compartilhe!