Santa Casa enfrenta dificuldade com pacientes viciados em medicamentos

Compartilhe!

A Santa Casa de Limeira tem enfrentado um verdadeiro dilema com pacientes que são viciados em medicamentos controlados. Na tarde desta sexta-feira (10), a equipe de reportagem do Rápido no Ar foi acionada até o hospital, uma vez que uma mulher afirmava que teria sido expulsa do hospital pelos médicos sem receber atendimento. Ela então pegou algumas roupas e ficou largada na calçada em frente ao hospital dizendo que não sairia dali enquanto não fosse atendida.

Diante da situação, o jornalista Lucas Claro imediatamente foi ao local ouvir a versão da mulher que dizia que estava com muitas dores e foi maltratada e humilhada no hospital.

Depois de colher a versão dela, fomos investigar de fato o que estava acontecendo e descobrimos que a situação é completamente diferente. A mulher já teve mais de 500 atendimentos no hospital e infelizmente e dependente de medicamentos controlados.

Nossa equipe acionou o Ceprosom para que ela fosse retirada da calçada, uma vez que o local estava completamente inapropriado. Porém, ela se recusou a receber a ajuda. Insistentemente dizia que precisava ser atendida e medicada novamente.

Nós acompanhamos tudo de perto, vale a pena conferir essa reportagem com um olhar nunca mostrado antes. ASSISTA!

ATUALIZAÇÃO

Conforme apurado pelo Rápido no Ar, por volta da 1h deste sábado (11), a paciente voltou ao hospital pedindo para ser novamente medicada. Ela recebeu alta às 4h, e ficou dormindo na cadeira e não queria ir embora. Com muita paciência os profissionais da saúde conseguiram convencer a mulher a deixar o hospital quase às 9h.

Compartilhe!