Saúde alerta para os riscos de compartilhar maquiagem

Muitas mulheres costumam dividir suas maquiagens com as amigas. Porém, nem todas sabem o risco desse simples ato. O empréstimo de produtos de beleza, como rímel, batom ou base, por exemplo, pode causar herpes, terçol, micoses, infecções e conjuntivite.

O problema em dividir os itens está relacionado ao marcador biológico personalizado de flora bacteriana na pele de cada pessoa. Bactérias não usuais são transmitidas quando utilizamos produtos de outra pessoa.

Tudo o que é desconhecido pode causar um estranhamento pelo organismo e isto gera reações inflamatórias, que varia na sua potência, podendo ser leve, moderada ou grave.

A secretaria executiva Dafne Fedoce conta que sempre dividia os itens pessoais com as amigas, até que teve conjuntivite. “No começo nem imaginei que podia ser isso, mas o médico alertou que ter emprestado meu rímel pode ter influenciado para que pegasse a doença”, explica.

Já a arquiteta Otávia Munhoz disse que sempre foi considerada chata por não gostar de dividir. “Eu acho muito importante que cada um tenha o seu. Não sabemos que tipo de doença podemos pegar, prevenção é o melhor”, afirma.

Confira abaixo doenças que podem ser transmitidas ao emprestar maquiagem:

Conjuntivite bacteriana
Os itens para os olhos, como delineador, lápis de olho e rímel, podem transmitir vírus e bactérias causadores conjuntivite, por exemplo. Se quiser utilizá-los, a indicação é lavar todos os pincéis emprestados antes de utilizar. Outra dica é deixar secar naturalmente.

Herpes
Batons e gloss provavelmente são os grandes vilões no que diz respeito às doenças transmitidas por cosméticos de beleza. A recomendação é que seja de uso estritamente individual.

Terçol
Os itens que são passados na borda dos olhos podem levar microrganismos para o globo ocular. Esse processo pode causar blefarite, que é uma inflamação na base dos cílios, causadora do calázio, ou terçol, como é popularmente conhecido.

Micoses e infecções
Se uma base ou um pó compacto são aplicados com um pincel ou esponja em um rosto com micose, os fungos podem ser transmitidos para outra pessoa. Além do pincel que leva resquícios de queratina e tecido orgânico. O resultado pode ser de uma dermatite a infecções que podem evoluir para quadros graves.

Cuidados básicos
Tomando alguns cuidados, é possível emprestar ou utilizar alguns itens de maquiagem de outras pessoas.

– Higienize os pincéis e guarde-os longe do banheiro. O calor e a umidade aumentam as bactérias e os fungos;

– Ao compartilhar o batom, utilize um pincel descartável;

– A limpeza dos pincéis de boca pode ser feita com uma escova de dentes. Passe a escova e o pincel no sabão. Em seguida, esfregue a escova nas cerdas dos pincéis em movimentos horizontais, da esquerda para a direita, e repita até tirar todo resíduo dos instrumentos;

– Lave os cabos com a bucha. Depois da lavagem retire o excesso de água num papel toalha e borrife álcool a 70% em todo o pincel (cerdas e cabo)

Compartilhe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here