Segundo dados, preocupação com a aparência leva brasileiros ao dentista

Compartilhe!

A preocupação com a beleza e estética tornou-se parte da vida dos brasileiros: uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil, Serviço de Proteção ao Crédito, revelou que a cada dez pessoas, seis se consideram vaidosas. Além disso, 66% dos entrevistados considera o cuidado com a beleza uma necessidade e não um luxo. Isso porque, para metade dos mesmos, melhorar a aparência física resulta em felicidade e satisfação, fazendo com que todo o investimento valha a pena.

Toda essa preocupação traz inúmeros benefícios – inclusive para a saúde. Entre as medidas mais tomadas em relação à estética e que resultam em atenção para o corpo interna e externamente, estão: alimentação saudável, cuidado com os dentes e controle do peso, ainda segundo dados da pesquisa citada anteriormente. É interessante notar os reflexos. Quando o caso é a preocupação com a beleza dos dentes, por exemplo, o coração é quem sai ganhando: segundo divulgação do Incor, realizada em 08/2019, 45% das doenças cardíacas são provenientes de ação das bactérias presentes na boca e que migraram para o coração

União perfeita: saúde e estética
Para Saint Clair Barbosa Netto, dentista responsável pela clínica Doctor&doctor Odontologia Estética, é possível observar, de fato, uma forte tendência onde a preocupação com a beleza acaba se fundindo com a funcional. “Um paciente nunca vem a clínica por um motivo só: ele está em busca de melhorias multidisciplinares. É um pacote”, diz. “Quando existe o desejo de realizar uma reabilitação dental, ele vem acompanhado de muitos fatores. É por isso que, quem opta por utilizar lentes de contato, facetas de porcelana ou até mesmo decide seguir um tratamento agilizado com aparelhos invisíveis, está sempre sendo motivado por, pelo menos, estes dois fatores: beleza e qualidade de vida”, complementa.

Toda movimentação e cuidado reflete de maneira muito positiva: o mercado de odontologia estética apresentou crescimento superior a 300% nos últimos três anos, segundo dados da Sociedade Brasileira de Odontologia e Estética. “É muito gratificante acompanhar esse movimento. Um dente esteticamente bonito, consequentemente é bem tratado, também, pois insere o paciente em uma rotina de consultas. Isso prova que a preocupação com a aparência é, no final das contas, muito positiva”, finaliza o Doutor Saint Clair.

Compartilhe!