O número de mortes por infecção por febre amarela confirmadas no Estado de São Paulo subiu para 21, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde. O último registro era de 13 óbitos. Também houve aumento nos casos autóctones, que passou de 29 para 40.

Segundo a pasta, o número se refere ao período de 2017 até o momento. Os casos que evoluíram para óbito foram contraídos em Américo Brasiliense, Amparo, Atibaia, Batatais, Itatiba, Jarinu, Mairiporã, Monte Alegre do Sul, Nazaré Paulista, Santa Lucia e São João da Boa Vista.

A vacinação está sendo intensificada no Estado e doses fracionadas começarão a ser aplicadas a partir de 3 de fevereiro A meta é imunizar 6,3 milhões de pessoas. “Com isso, até o final de fevereiro cerca de metade da população paulista estará imunizada contra a doença”, afirmou a secretaria, em nota. A campanha terminará em 24 de fevereiro.

De acordo com a pasta, 7 milhões de pessoas foram vacinadas em todo o Estado no ano de 2017.

A secretaria informou ainda que, desde julho de 2016, foram registrados 2.491 casos de morte ou adoecimento de primatas e que 617 tiveram confirmação para febre amarela.

Veja também:

Loading Facebook Comments ...

You must fill in your Disqus "shortname" in the Comments Evolved plugin options.